Tuinho Adventure

Minha foto
Santos, São Paulo, Brazil
Movido pela natureza, a espera de novas aventuras

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Despraiado debaixo de chuva

   Essa foi para lavar a alma, muita chuva para um dia intenso de pedal. Vinícius e eu fizemos o trecho de terra, mais conhecido como Despraiado, que liga a cidade de Pedro de Toledo até o fim da serra que faz a ligação de Iguape até a BR-116. Este foi daqueles dias bem longos, começamos o dia de madrugada saindo de Santos de carro. Chegamos em Pedro de Toledo as 7 horas e logo saímos pedalando, pois com frio que fazia a única solução era se exercitar.










   No trevo em Pedro de Toledo você facilmente acessa o Despraiado. Os primeiros quilômetros são de asfalto. Muitas chácaras são encontradas pelo caminho, que pode ser percorrido também de carro ou  moto.




























   A partir deste ponto a chuva apertou, a estrada que até então estava um tapete começou a ficar esburacada e cheia de lama. O Vinícius teve um pneu rasgado, felizmente um sitiante tinha um pneu para vender.











   Tivemos que atravessar um rio pedalando, dizem que com muita chuva este é um ponto crítico da viagem.





   A Serra do Mar neste trecho praticamente não oferece obstáculos, as subidas existentes são curtas e pouco íngremes. O visual é fantástico, pena que o dia não colaborou com as fotos.





   O trecho de terra foi diversão garantida, pena que a volta seria pelo asfalto, fiz questão de andar rápido na volta para não chegar de noite e percorrer trechos perigosos sem acostamento. A Serra de Iguape até a BR-116 é uma delícia, asfalto liso e pouco movimento. O problema fica do trecho da BR-116 até Pedro de Toledo, um percurso muito perigoso, a falta de acostamento e o movimento frequente de jamantas deixam o ciclista em permanente estado de tensão. Não aconselho este trecho, podendo se programar, existe uma saída de terra chamada Musácea, aumenta um pouco a quilometragem do percurso, mas pode evitar acidentes desnecessários.